Palestras Católicas

Gestação x Aborto: imagens fortes

Posted in Aborto by irmãzinha on 19/02/2009
View this document on Scribd

Como a projeção Gestação versus Aborto  é  carregada de imagens, vai demorar para baixar no seu computador, porém, se quiser fazê-lo, clique em gestacao_e_aborto.

Às 8h, comecei a sentir dores tão violentas que tive de me deitar imediatamente. Fiquei me contorcendo nessas dores por 3h (…) nenhum remédio me ajudou e vomitava tudo que engolia. Em certos momentos, essas dores me faziam perder a consciência. Jesus deu-me a conhecer que, dessa maneira, participei da sua agonia no Jardim das Oliveiras e que Ele mesmo permitiu esses sofrimentos para desagravar a Deus pelas almas assassinadas nos ventres de mães perversas. Já passei três vezes por esses sofrimentos; sempre começam às 8h até às 11 da noite. Nenhum remédio consegue diminuir esses meus sofrimentos. Quando se aproximam as 23h, desaparecem por si, e eu adormeço nesse momento; no dia seguinte, sinto-me muito fraca. (…) Eu disse ao médico que nunca na vida tinha tido semelhantes dores. Ele afirmou que não sabia do que se tratava. Agora compreendo que sofrimento é esse, porque o Senhor me deu a conhecer… No entanto, quando penso que talvez algum dia tenha que sofrer dessa maneira, tremo de terror, mas não sei se ainda alguma vez vou sofrer dessa maneira; deixo isso a Deus. O que Deus quiser enviar-me, aceitarei tudo com submissão e amor. Oxalá que eu possa salvar, com esses sofrimentos, ao menos uma alma do homicídio.

(A dor de Santa Faustina semelhante à Agonia de Jesus no Horto das Oliveiras  pelo desagravo dos abortos cometidos, cf.  O Diário de Santa Faustina)

Prezados amigos, a apresentação Gestação versus Aborto mostra, primeiramente,  o desenvolvimento da criança desde a sua concepção até minutos antes do seu nascimento através da pergunta: quem tem o direito de interromper esses passos? Depois, aparecem imagens sobre os diversos tipos de aborto (sucção, curetagem, histeretomia e envenenamento salino) através do questionamento  inicial: o que aconteceria se alguma dessas pessoas tivesse sido abortada? Logo adiante, vocês poderão ver o exemplo da “anencéfala” Marcela de Jesus para a sociedade e para sua família, além de fotos de mulheres que, a despeito de terem sido estupradas e concebido uma criança, levaram adiante suas gravidezes e não se arrependeram.

As figuras são fortes, mas necessárias para quem insiste em discutir se é válido ou não matar diretamente um ser humano totalmente inocente e indefeso. É recomendável que, ao mostra-las, se retire as crianças do recinto e isso deve ser solicitado pelo responsável da exibição das fotos (não espere bom senso dos pais). Por mais que as crianças não entendam, impressionam-se facilmente e podem ter pesadelos à noite.

Quando se profere uma palestra, é interessante que exista algum material estilo panfleto a ser distribuido pelo orador ao final da exposição: antes de conclui-la não é recomendável, pode ser que as pessoas (ao invés de prestarem atenção) fiquem lendo o texto.  Temos à sua disposição um panfleto: na primeira página existe o testemunho de Gianna Jessen, a moça que, aos sete meses de desenvolvimento gestacional, sofreu um aborto por envenenamento salino na Inglaterra, mas sobreviveu; na segunda página disponibilizamos algumas perguntas e respostas sobre essa problemática. Para adquirir o panfleto, basta clicar aqui.

Caso deseje visualizar o depoimento de Gianna Jessen, aprecie os vídeos abaixo:

Caso deseje ler o panfleto Testemunho Aborto aqui, ei-lo:

View this document on Scribd

Anúncios

8 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. João C. said, on 20/02/2009 at 10:34 am

    É nojento. Sou enfermeiro de Portugal, onde se pode assassinar bebés até às dez semanas e recuso-me a ser escravo da cultura da morte. Vão lá falar da “Interrupção Voluntária da Gravidez” (como é chamada, lindo eufemismo) po raio que os partam!

    Tanto falam no Holocausto e não vêm os milhares de pessoas inocentes, bebés que são ASSASSINADOS todos os dias! Prisão para mães, médicos, enfermeiros e todos os que colaboram neste infanticídio!

    Que Deus tenha piedade do mundo!

  2. Carol Proença said, on 27/07/2009 at 6:50 pm

    Por isso que a gente precisa fazer alguma coisa.
    Precisamos divulgar essas informações!!! Mas não de qualquer jeito… Precisamos ler o trecho do evangelho: Lc 16, 1-9 e com a ajuda do Espírito Santo devemos propagar as informações. Devemos ser espertos, gente! Precisamos falar a linguagem daquele que nos ouve! Se não, que adianta??
    Estamos unidos!!!!
    Carol

  3. Zilleyde Arthyago said, on 25/08/2010 at 4:27 pm

    Sinto vergonha em saber k em nosso país aimda existem pessoas k praticam o aborto,
    peso pra k Deus tenha misericordia da alma dessas pessoas!!!!!!!!!!
    Diga ñ ao aborto!!!!!

  4. nayra lima lima said, on 10/11/2011 at 4:10 pm

    essas pessoas que fazem isso nao tem nocao e nem amor pelo seu filho isso e muito triste pessoas que fazem isso meresse ser pressas nao sabe o que amor pessoas inrresponsavel so merecem dispreszo

  5. ANGELICA said, on 10/02/2012 at 9:14 am

    eu fui abadonada assim que nasce e fui criada por uma familia mais nem todos tem a sorte de encontra uma familia que de amor.e por acontecer isso comigo eu sou completamente contra o aborto pq isso e muito triste saber que uma mulher fais um filho e depois mata tira a vida de um inocente que nao tem culpa de nada.se nao tem condiçoẽs lute por esse filho como Deus lutou por nos.deus nos da um dom de ter um filho de carrega dentro do seu ventre.digo uma coisa para todas as mulheres,si em gravidar cuide mesmo que vc sofra por palavras dos outros sabe pq?pq que sofre realmente nessa historia toda são as crianças que mesmo que nao consiga morrer fik traumatizada como eu que nao fis parte do aborto mais do abandono.

  6. Alexya Carla Macedo Alves said, on 01/05/2012 at 11:15 pm

    Eu sou completamente contra isso eu acho uma falta de respeito com a sua propria vida uma pessoa q faz isso nao e digna de ser chamada de mulher nem muito menos ser chamada de mae eu penso assim se vai fazer isso nem pensa em ter filho pq eles nao tem culpa dos nosso pecados aqui na terra.

  7. mislene sá said, on 12/05/2012 at 3:09 pm

    …o aborto é um ato desumano,cruel eu diria ate uma animal mas nao posso por nós nao vemos os animais abortando seus filhotes… tive a 2 meses a berda de um bebe de 2 meses de gestação e a dor q sinto em perde-lo, por mais que eu ainda não o conhecesse. mas pelo fato de nao ter podido conhece-lo… hoje mais do antes ele mora dentro de mim por antes no meu utero hoje no meu coração e nas minhas lembranças…
    misle sá tenho 20 anos estudante de tecnicas em enfermagem

  8. cleuza said, on 12/10/2012 at 2:24 pm

    condenar um ato desse, talvez seja facil pra mim que nunca tive que enfrentar qualquer dificuldade e ter apenas um filho biologico e um do coraçao qto eu quis ter cinco filhos . quem tem coragem de matar um indefeso e que nao conhece o amor de DEUS em sua vida, nao conhece JESUS CRISTO que foi capaz de morrer por mim e por todas as pessoas BONS E RUINS.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: